Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter

CLIMA DE VIAGEM

publicidade

Melhores destinos para conhecer sem visto

por Redação

Conheça destinos turísticos que não exigem autorização de entrada e economize tempo e dinheiro

Planejar uma viagem é uma tarefa agradável para alguns, mas pode também ser muito chata para outros. No entanto, quando o assunto é a solicitação de visto (permissão de entrada no país), todos parecem concordar: a burocracia é grande e o processo costuma ser lento. Mas há uma luz no fim do túnel. Dezenas de países permitem a entrada de brasileiros sem vistos.


Na América do Sul, por exemplo, para fugir de opções como Argentina, Chile e Peru, uma boa alternativa é conhecer os melhores destinos da Colômbia. O país tem um clima quente e seco, mas oferece até neve aos seus visitantes, que pode ser vista no Nevado del Tolima. Outra grande atração é o lendário Lago Guatavita, a apenas 60 km da capital do país, Bogotá, que também merece ser visitada. Mas o que não pode faltar é uma visita a Cabo dela Vela, San Andrés ou Cartagena – que costuma registrar mais de 30ºC durante o ano todo – para curtir um pouco do Caribe colombiano.


Na desejada Europa a variedade de lugares para viajar é grande. Sem visto, é possível ir à Irlanda, Inglaterra, Espanha, França e muitos outros países. Mas uma grande atração no Sul do continente é Malta. O arquipélago reserva aos seus visitantes incríveis belezas históricas, além de uma gastronomia repleta de frutos do mar. Dedicar um tempo da viagem para as praias paradisíacas, como a Blue Lagoon, é primordial, mas contemplar a beleza e a arquitetura da capital Valetta, ou da Cidade Silenciosa, Mdina, também é encantador. Para evitar as chuvas, faça a viagem entre maio e outubro e aproveite o verão, com temperatura média de 29ºC.


No continente africano, um dos destinos turísticos mais visitados é a África do Sul. No entanto, ir a Marrocos também pode ser uma excelente escolha e gerar novas vivências. Como o país é muito quente, a dica de viagem é ir para lá durante o inverno ou na primavera (de outubro a maio), assim é possível aproveitar melhor a badalada Marrakesh, conhecer a célebre praça Djemaa el-Fna, admirar os encantadores de serpentes, andar de camelo, visitar o deserto do Saara, as mesquitas e os muitos outros atrativos do local.


Na Ásia, as Ilhas Maldivas e a Tailândia fazem muito sucesso com os turistas e também não exigem visto, mas a Malásia tem seus tesouros e merece atenção. É no país que estão localizadas as maiores torres gêmeas do mundo (Petronas Twin Towers), em Kuala Lumpur. Por lá, também se pode visitar o edifício Sultan Abdul Sama ou ir à Malaca. Outra importante dica para o roteiro de viagem é conhecer as ilhais do país, entre as quais Redang, Perhentian e Langkawi. Para isso, escolha os meses de junho e julho, que são menos chuvosos. Mas não se preocupe muito com as estações, pois a temperatura da água do mar costuma ficar acima dos 27ºC durante todo o ano.


Mas se há possibilidade de ir para mais longe, na Oceania, a dica é a Nova Zelândia. No país, é possível conhecer os locais de gravação de muitos filmes famosos, como O Hobbit e Senhor dos Anéis, com a possibilidade de diversos passeios pela chamada Terra-Média. Além disso, dá para curtir paisagens deslumbrantes do auto de balões, em Christchurch; praticar canoagem, mergulho e muitas outras atividades nas águas claras de Marlborough Sounds, em Auckland. Também é possível esquiar em Canterbury, por exemplo, onde a neve costuma chegar entre junho e outubro. Portanto, proteja-se do frio, que pode chegar a -6ºC.


E se nenhum desses locais ainda chamou sua atenção para as próximas férias não tem problema. A lista completa dos países que não exigem visto para brasileiros pode ser consultada no site do Itamaraty. 

PACOTES DE VIAGEM