Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter

CLIMA DE VIAGEM

publicidade

Bento Gonçalves/RS

por Redação

Se você procura uma cidade para curtir o frio, com um bom vinho, e conhecer mais sobre a história do Brasil, Bento Gonçalves na Serra Gaúcha é o local perfeito para você. A cidade foi erguida sobre o antigo município de Montenegro, área que era habitada pelos índios caigangues que foram desalojados pelos chamados “bugreiros” no final do século XIX, com a finalidade de que o governo imperial brasileiro pudesse colonizar a área por uma população europeia.

 

Durante a sua história, a cidade já teve três nomes. Pelos indígenas era chamada de Cruzinha, pelo fato de haver uma pequena cruz no local. Pelo decreto do governador da província passou a se chamar Colônia de Dona Isabel, em homenagem à Princesa Isabel responsável pela assinatura da Lei Áurea. 45 anos após o fim da Revolução Farroupilha, em 1890 recebeu o nome de Bento Gonçalves, em homenagem ao principal líder da revolução e presidente por cinco anos da República Rio-Grandense, Bento Gonçalves da Silva. 

 

Do ponto de vista meteorológico, a cidade possui um clima que é classificado como subtropical úmido que tem invernos frios e verões quentes. Por conta da presença constante dos ciclones extratropicais, a umidade é elevada ao longo de todo o ano.

 

Segundo as normais climatológicas do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), o mês mais chuvoso do ano é agosto com um volume médio de chuva de aproximadamente 173mm. Dessa forma se você não quer ficar dentro dos hotéis por conta do “mal” tempo, evite viajar durante as férias escolares.

 

Mas por outro lado, o período do fim de junho ao início de setembro são os mais propícios para a ocorrência de neve, um fenômeno que não é muito comum em terras brasileiras. Isso se deve ao inverno frio, com temperaturas abaixo de zero graus celsius, e úmido que incentiva a formação dos flocos de neve nas nuvens do tipo Cumulonimbus (Cb).

 

 

 

O que fazer?

 

O turismo local está fortemente ligado à produção de vinho, por esse motivo o monumento de entrada da cidade, que possui aproximadamente 17 metros de altura, tem o apelido da cidade, que é: “A capital brasileira do vinho”.

 

Dessa forma, o turista pode se aventurar pelo Vale dos Vinhedos, que é um vale que fica entre os municípios de Bento Gonçalves, Garibaldi e Monte Belo do Sul, local onde ficam as vinícolas e cultivo de uva.

 

Se você gosta de história e arquitetura, aventure-se pelos Caminhos de Pedra no distrito de São Pedro, que possui diversas casas antigas, sendo a maioria de pedra. Estas pertenciam aos primeiros imigrantes italianos que vieram para a área nordeste gaúcha.

 

Passeie de Maria-Fumaça da estação de Bento Gonçalves até Carlos Barbosa passando também por Garibaldi. Ao longo do trecho de 23 km você vai conferir música e comidas típicas.

 

Confira também a “Via del Vino” um dos locais mais frequentados e movimentados da

cidade. Está localizado na área central e abriga a “Casa del Vino” que em dias de festa

ocorre a distribuição de vinho encanado. Na frente do Palácio Municipal temos La Fontana, um chafariz onde jorra água na cor de vinho.

 

Quer mais vinho? Então viagem pela Rota dos Vinhos da Montanha que é feita em Pinto Bandeira, onde o visitante pode apreciar a cor, sabor e odor do vinho juntamente com as cores da natureza.

 

Conheça mais sobre as tradições gaúchas no Centro de Tradições Gaúchas. Onde você

pode conferir os trajes, comidas e claro o chimarrão.

PACOTES DE VIAGEM