Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter

CLIMA DE VIAGEM

publicidade

Desvende 8 cidades fantasmas que viraram destinos turísticos

por Redação

Saia da rotina e conheça lugares que se tornaram verdadeiros museus a céu aberto

 

Movimentados, cheios de vida e com muitas histórias para contar. Locais comuns que, de uma hora para a outra, se tornam silenciosos e esquecidos, mas que ainda guardam muitos tesouros. As cidades fantasmas podem não parecer, mas são destinos turísticos bastante empolgantes, principalmente para os viajantes aventureiros. Ficou curioso? Conheça algumas sugestões que a Climatempo reuniu:

Pripyat (Ucrânia)

A cidade, vizinha à Usina de Chernobyl, foi planejada e construída para abrigar os operários da companhia e suas famílias. Porém, após o terrível acidente nuclear ocorrido na região, em 26 de abril de 1986, o município – que fica a apenas três quilômetros do epicentro do desastre – foi totalmente abandonado. Por lá, é possível participar de visitas guiadas e conhecer, por exemplo, o prédio residencial mais alto da cidade. É permitido subir até o 17º andar e ter uma vista panorâmica das construções e da própria usina. Com temperatura média de 7ºC, uma dica de viagem é conhecer a região em novembro, quando o frio ainda não é tão intenso.

 

 

 Sanzhi (Taiwan)

Abandonada em 1980, a área foi planejada para ser um resort de férias e entretenimento, mas diversos acidentes e mortes de trabalhadores espalharam medo na população, que passou a acreditar que assombrações ocupavam o local. Hoje, a região se tornou ponto turístico e tem como principais atrativos a áurea futurista do projeto inacabado. O clima da região é ameno, com temperatura média de 10ºC. Porém, evite viajar no período de julho a outubro, quando a área é mais quente, mas sujeita a ocorrência de muitos tufões.

 

 

Ilha de Hashima (Japão)

A ilha, hoje deserta, foi planejada pela Mitsubishi para abrigar a indústria e trabalhadores das minas de carvão submarinas da região. A evacuação ocorreu aos poucos, quando a matéria-prima estava perdendo espaço, e foi completada em 1974. Com clima agradável, registrando média de 15ºC, o local foi aberto para visitação em 2009 e, por lá, é possível fazer uma viagem para explorar os cinemas, edifícios de apartamentos e lojas da Ilha Fantasma. Aliás, a área chama tanta atenção que foi escolhida como cenário para o filme “007 – Operação Skyfall”.

 

 

Humberstone (Chile)

Declarada Patrimônio Cultural da Unesco em 2005, Humberstone é uma ótima opção turística para os amantes de história. O vilarejo foi uma importante área de mineração de salitre, popularmente conhecido como o “ouro branco”, e está localizado no deserto do Atacama, próximo à fronteira com o Peru e a Bolívia. Abandonado desde os anos 60, o local possui clima desértico, o que complementa bem a paisagem fantasmagórica. Na região é possível fazer visitas guiadas pelos prédios abandonados, incluindo o grande teatro. Para quem quiser eternizar o momento, junto à praça do centro, há um mercado onde podem se adquirir lembranças deste místico lugar.

 

 

Pompeia (Itália)

Pompeia é a cidade mais famosa desta lista, inclusive por ter sido utilizada como enredo de diversos filmes. O local foi devastado em 79 d.C., após a erupção do vulcão Vesúvio. As cinzas e lama moldaram os corpos das vítimas, sendo possível encontrá-las na posição que estavam quando o desastre ocorreu. A cidade resistiu bem ao tempo e se tornou uma ótima opção turística, principalmente pelos monumentos e esculturas presentes no local.  O clima é agradável, com média em torno de 20ºC.

 

 

 

Oradour-sur-Glane (França)

A vila também tem uma história bem trágica. Ela foi completamente destruída pelos soldados nazistas em 1944, registrando um dos maiores massacres da Segunda Guerra Mundial. As ruínas permanecem intactas como símbolo de memória e, no passeio pela região, é possível ver objetos pessoais dos habitantes. O clima local é bastante ameno, mas vale preparar os casacos e as luvas, já que a temperatura média de 11ºC.

 

 

Bodie (Estados Unidos)

Bodie parece um cenário de filme com toda a atmosfera do Velho Oeste. O local é um retrato da corrida pelo ouro na Califórnia no fim do século 19, repleto de construções de madeira, carros e objetos da época. A cidade, que possui clima quente e com média de 24ºC, foi abandonada quando as jazidas de ouro se esgotaram.

 

 

Fordlândia (Brasil)

Em 1927, o empresário norte-americano Henry Ford, criador das indústrias Ford, adquiriu uma área de quase 15 mil quilômetros no município de Aveiro, no Estado do Pará. Batizada de Fordlândia, a intenção era criar uma cidade para gerar látex, material necessário para a confecção de pneus para os automóveis fabricados pela empresa. Porém, a terra infértil e pedregosa, somada ao advento de novas tecnologias, tornaram o empreendimento um desastre. Apesar de ser uma coleção de ruínas, a região não é totalmente inabitada. De acordo com o censo IBGE de 2010, cerca de 2000 moradores ainda vivem na Fordlândia.

 

 

 

 

PACOTES DE VIAGEM